Imprimir

Imprimir Notícia

24/09/2021 - 15:53

PM que deu socos em adolescente de Cuiabá escreve carta com pedido de perdão

O tenente-coronel da PM Sávio Pellegrini, que foi filmado dando socos em um adolescente de 17 anos, em Cuiabá, publicou nesta sexta-feira (24) uma nota de retratação pública pedindo desculpas e perdão à família do rapaz.   
 
O caso ocorreu no sábado (18) na portaria do Edifício Absolutto, no bairro Jardim Mariana.  O adolescente estava na portaria do prédio, quando esbarrou no policial militar Em seguida, começou uma discussão e Pellegrini partiu para cima do jovem, dando-lhe os dois socos. 
 
Na nota, ele diz que se coloca à disposição da família e afirma que o episódio não representa sua conduta como pessoa e como profissional.
 
Leia a nota na íntegra:
 
Venho por meio da presente Nota de Retratação Pública, posicionar-me perante a sociedade e esclarecer aos meios de comunicação sobre o ocorrido no dia 18/09/2021(sábado).
 
A presente retratação é realizada de maneira espontânea e sem qualquer intenção de justificar o que eu mesmo classifico como injustificável, tendo em vista que respeitar o próximo é premissa básica para convivência em sociedade. Não é aceitável que qualquer ser humano seja maltratado, e confesso que também caracterizo como lamentável o fato ocorrido.
 
Ressalto ainda, que esse episódio ISOLADO não representa a minha conduta como pessoa humana, como Profissional, nem tampouco a história escrita pelo integrantes da Centenária Instituição Polícia Militar.
 
Em razão disso, exerço a presente retratação pública, comunicando a todos que num momento de desatino por acúmulo de problemas de ordem pessoal, acometido de uma reação cega e irracional, agredi de maneira injustificada o adolescente, reconhecendo que haverão consequências do devido processo legal para o caso.
 
Agradeço ao Poderoso Deus que nada mais grave aconteceu com o adolescente, de igual forma nos desdobramentos após a chegada do Sr. Yuri Jorge que também acabou sendo acometido pela perda da razão e equilíbrio, invadindo meu domicílio já na presença dos Policiais e, posteriormente, me agredindo na Delegacia.
 
Nesse sentido, me coloco inteiramente a disposição, em especial da Família do Sr. João Batista de Almeida, meu vizinho de condomínio e responsável pela criação do adolescente, e aproveito ainda a oportunidade, para de antemão, reiterar meu pedido perdão ao seu neto e toda sua família.
 
A Bíblia fala muito sobre arrependimento. E nós, como humanos, acabamos errando em nossas atitudes e desagradando a Deus e ao próximo. E, só Deus nos ajuda a chegar ao verdadeiro arrependimento (2 Timóteo 2:25).
 
Dessa forma, em demonstração do meu arrependimento, deixo aqui minhas sinceras desculpas ao adolescente, à família e toda sociedade, momento em que me posiciono declinado para ajudar no que for necessário e orando para que a recuperação seja plena e instantânea, a todos que de alguma maneira tenha sido atingidos pelos meus atos falhos.
 
Respeitosamente,                                                                                              
 
Sávio Pellegrini Monteiro

 
 
 Imprimir
Fale conosco via WhatsApp