Segunda-feira, 6 de dezembro de 2021
informe o texto

Notícias Poderes

Emanuel Pinheiro anuncia que vai recorrer de decisão que o afastou da Prefeitura

19/10/2021 - 12:15 | Atualizada em 19/10/2021 - 17:49

ISIS ALBUQUERQUE - DA REDAÇÃO

Emanuel Pinheiro anuncia que vai recorrer de decisão que o afastou da Prefeitura

Foto: Assessoria - Cuiabá

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) afirmou, por meio de nota, que vai recorrer da decisão do desembargador Luiz Ferreira da Silva que o afastou do cargo durante a 'Operação Capistrum', do Ministério Público, que investiga supostas contratações irregulares de servidores na Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

> SIGA O OLHAR MT NAS REDES SOCIAIS.
CLIQUE AQUI.


Emanuel diz que ao contrário do que vem sendo propagado, “de forma maldosa”, a instauração de inquérito em questão pelo Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco), do Ministério Público do Estado de Mato Grosso (MPE), não aponta desvio de valores.

“A investigação averigua denúncia de contratação excepcional de 259 servidores para Saúde no ano de 2018 em detrimento de realização de concurso público”, diz trecho da nota.

Emanuel volta a questionar as operações contra sua gestão, afirmando que são midiáticas. Ele afirma que vai recorrer da decisão.

“Por considerar desproporcionais e midiáticas, o prefeito Emanuel Pinheiro informa que irá recorrer das medidas desferidas pelo poder judiciário”, continua.

Por fim, o prefeito afastado reitera que está à disposição das autoridades para esclarecimentos dos fatos.
Na manhã desta terça-feira (19), equipes do MPE cumpriram mandado de busca e apreensão nas salas do chefe de gabinete do Prefeito, da secretária-adjunta de Governo, e na residência de Emanuel Pinheiro.

Mais cedo, o prefeito afastado divulgou outra nota informando que recebeu com surpresa decisão que gerou afastamento de suas funções em razão de apuração por contratação irregular de servidores da Saúde em Cuiabá. 
 
Sitevip Internet
Fale conosco via WhatsApp