Terça-feira, 19 de outubro de 2021
informe o texto

Notícias Poderes

Deputados aprovam lei que permite 100% do público nos estádios de futebol em MT

Projeto de autoria do deputado Wilson Santos foi aprovado em regime de urgência urgentíssima e prevê aumento gradual.

06/10/2021 - 20:35 | Atualizada em 07/10/2021 - 10:56

DA ASSESSORIA

Deputados aprovam lei que permite 100% do público nos estádios de futebol em MT

Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

Com 23 votos favoráveis e um contrário, a Assembleia Legislativa aprovou na manhã desta quarta-feira (6) um projeto de lei (PL 886/2021) de autoria do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), que autoriza o retorno do público aos estádios de futebol em até 100% a partir de janeiro de 2022. Apenas o deputado estadual Lúdio Cabral (PT) votou contrário.

ENTRE EM NOSSO GRUPO NO TELEGRAM. CLIQUE AQUI.
ENTRE EM NOSSO GRUPO NO WHATSAPP. CLIQUE AQUI.


Pela proposta aprovada, o retorno do público será de 50% da capacidade total do estádio ainda em outubro. Em novembro, será ampliada para 75% e 100% a partir de janeiro de 2022. Será autorizada a entrada no estádio dos torcedores que se submetam a testes salivar no prazo de 48 horas antes do evento esportivo ou teste antígeno realizado 24 horas antes. 

Para aqueles que receberam apenas a primeira dose, será necessário apresentar teste com antígeno até 24 horas antes da partida e o exame PCR em até 48 horas. O uso de máscara será obrigatório em todos os setores dos estádios. 

Também será autorizada a entrada daqueles que estão devidamente vacinados com a segunda dose dos imunizantes Coronavac, Astrazeneca, Pfizer e Janssen, essa última de dose única.

Após intensos diálogos, o projeto do deputado Wilson Santos recebeu a coautoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Max Russi (PSB), e também do deputado estadual Eduardo Botelho (DEM).

Em seguida, o plenário aprovou o regime de urgência urgentíssima, o que permitiu a aprovação definitiva do projeto. Agora, vai à sanção do governador Mauro Mendes (DEM) para entrar em vigência após a publicação no Diário Oficial do Estado (DOE).

“O texto da lei segue parâmetros de outros estados como São Paulo e Rio de Janeiro. Felizmente, a vacinação avançou no país. Já estamos na fase de vacinação dos adolescentes, o que comprova uma imunização quase total da população, conferindo segurança sanitária aos eventos esportivos”, declarou o deputado Wilson Santos. 

O presidente do Legislativo, deputado Max Russi, ressaltou ainda que o projeto é de grande relevância ao Cuiabá Esporte Clube, que disputa a série A do Campeonato Brasileiro e está na zona intermediária de classificação para campeonatos sul-americanos como a Copa Sul-Americana e a Taça Libertadores da América, ambos organizados pela Conmebol.

“Em 2022, podemos ter até nove vagas na Libertadores e o Cuiabá tem grandes chances de classificação. Houve pelo governo do estado flexibilização das regras de convívio social em razão da queda na ocupação de UTIs e de pessoas contaminadas. Vamos continuar defendendo a vacinação para que a normalidade seja garantida”, destacou.
 
Sitevip Internet
Fale conosco via WhatsApp