Segunda-feira, 27 de junho de 2022
informe o texto

Notícias Polícia

PF prende dono de posto de combustível acusado de lavar dinheiro do tráfico

16/05/2022 - 09:00 | Atualizada em 16/05/2022 - 17:36

DA REDAÇÃO

PF prende dono de posto de combustível acusado de lavar dinheiro do tráfico

Foto: Assessoria - PF

A Polícia Federal deflagrou nesta segunda-feira (16) nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Mirassol D’Oeste, Poconé e Pontes e Lacerda a Operação JUMBO, onde foram expedidos pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá-MT, oito mandados de prisão preventiva,  29 mandados de busca e apreensão, além do sequestro de diversos bens.

A investigação da Polícia Federal evidenciou uma grande organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, que movimentou a quantia aproximada de R$ 350 milhões, num período de quatro anos.
A investigação apontou que a organização criminosa utilizava postos de combustíveis em Cuiabá para a lavagem de dinheiro decorrente do tráfico de drogas.  Os postos investigados são o Jumbo e Petrox, de propriedade do empresário Thiago Gomes de Sousa. Na residência do acusado, foram encontrados jóias e muito dinheiro.

Foi apurado, também, que a organização criminosa adquiria a cocaína no município de Porto Esperidião, acondicionava em Mirassol D`Oeste, para, depois, distribuí-la em Cuiabá.

No decorrer da investigação, com o apoio da do setor de inteligência da Polícia Militar e do Gefron, foi possível interceptar dois carregamentos de drogas, totalizando 210kg de cocaína.

As investigações e diligências contra o tráfico de drogas continuam, com especial atenção à prisão das lideranças e descapitalização de organizações criminosas.



 
Clique aqui e faça parte no nosso grupo no Whatsapp.

Clique aqui e siga o nosso perfil no Instagram.

Clique aqui e siga-nos no Facebook, acompanhe as notícias.

Clique aqui e siga a gente no TWITTER.

Clique aqui se preferir entrar em nosso canal no Telegram.
 
 
Sitevip Internet
X
Fale conosco via WhatsApp